quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Bandidos!


Afonso Vieira

Bandidos, criminosos, são os que cometem delitos, que tomam atitudes que não condizem com as normas legais e da sociedade, que se apropria de algo que não lhe pertence, mentirosos e coniventes contumazes, profissionais do crime. O maior exemplo prático desta definição são nossos políticos.

Tenho como hobby o acompanhamento da política, tanto mundial, como os pormenores dos municípios que já habitei. Causa-me ojeriza os atos de nossos representantes; tenho total desprezo por qualquer político, seja do meio próximo a mim ou qualquer outro; não sou relativista moral, oito não é oitenta. Não há um único membro de cargo eletivo que mereça respeito, não o meu!

A cena protagonizada por José Sarney, em seu discurso de suposta defesa é deprimente, para ser bem generoso. O cinismo, a cara-de-pau só se iguala ao chefe do executivo. Dizer que há “inverdades” no que foi publicado, é uma afronta a qualquer um que tenha o mínimo de probidade dentro de seu caráter. Esse sacripanta crê piamente que todos os brasileiros são iguais aos seus eleitores – não, não somos!

Dei uma nova zapeada no Espírito das Leis, de Montesquieu, o nobre escritor deve se revirar no túmulo quando vê como se portam os “eleitos” aqui, no bananão - os nacionalistas que me desculpem, mas não há termo mais correto para definir nosso país nos dias atuais.

O biltre do bigode ainda citou Sêneca recentemente, como se soltar frases de efeito do saudoso filósofo mudassem seus atos espúrios.

Conforme eu citei na introdução deste texto, fiz um conceito bem abrangente do que, em minha opinião, é um bandido. Dentro de meus conceitos e valores morais, Sarney, Lula, Collor, FHC e demais usurpadores da ética pública, são todos, bandidos! Quem os elege, são coniventes, no mínimo!

Alguém conhece um homem da política brasileira que seja realmente honesto, que coloque suas mãos no fogo, literalmente, por sua pessoa? Gostaria que me apresentassem esse curupira.

Há algo mais esdrúxulo que um ignóbil como Wellington Salgado? Um ignorante que defende o indefensável. Um Conde, que talvez seja pior que seus pares. Se formos enumerar a quantidade de “bandidos” existentes naquela casa, a lauda será sempre curta.

Como não estou no mesmo patamar moral de nosso legislativo, farei a gentileza de, primeiramente, enviar a todos os endereços eletrônicos disponíveis no site do senado – a letra minúscula é proposital – este texto. Sei que a maioria nem o lerá, mas não posso ser acusado de não ter tentado.

Sendo um legalista convicto, que procura respeitar nossas leis - mesmo que discorde delas –, sinto-me impedido de consumar certos atos que me vêm à mente. Mas, sinceramente, existem duas torres que deveriam estar lotadas, com todos seus integrantes dentro, e o Bin Laden tupiniquim nos faria um imenso favor de explodi-las . . .

Bandidos!‏
De: Afonso Vieira (afonsohjv@hotmail.com)Enviada: quinta-feira, 6 de agosto de 2009 13:14:02 Para: adelmir.santana@senador.gov.br; almeida.lima@senador.gov.br; mercadante@senador.gov.br; alvarodias@senador.gov.br; acmjr@senador.gov.br; antval@senador.gov.br; arthur.virgilio@senador.gov.br; augusto.botelho@senador.gov.br; cesarborges@senador.gov.br; cicero.lucena@senador.gov.br; cristovam@senador.gov.br; delcidio.amaral@senador.gov.br; demostenes.torres@senador.gov.br; eduardoazeredo@senador.gov.br; eduardo.suplicy@senador.gov.br; efraim.morais@senador.gov.br; eliseuresende@senador.gov.br; ecafeteira@senador.gov.br; expedito.junior@senador.gov.br; fatima.cleide@senadora.gov.br; fernando.collor@senador.gov.br; flavioarns@senador.gov.br; flaviotorres@senador.gov.br; flexaribeiro@senador.gov.br; francisco.dornelles@senador.gov.br; garibaldi.alves@senador.gov.br; geraldo.mesquita@senador.gov.br; gecamata@senador.gov.br; gilberto.goellner@senador.gov.br; gilvamborges@senador.gov.br; gim.argello@senador.gov.br; heraclito.fortes@senador.gov.br; ideli.salvatti@senadora.gov.br; inacioarruda@senador.gov.br; jarbas.vasconcelos@senador.gov.br; jayme.campos@senador.gov.br; jefferson.praia@senador.gov.br; joaodurval@senador.gov.br; joaopedro@senador.gov.br; joaoribeiro@senador.gov.br; jtenorio@senador.gov.br; j.v.claudino@senador.gov.br

De: Afonso Vieira (afonsohjv@hotmail.com) Enviada: quinta-feira, 6 de agosto de 2009 13:18:41 Para: jose.agripino@senador.gov.br; josenery@senador.gov.br; sarney@senador.gov.br; katia.abreu@senadora.gov.br; leomar@senador.gov.br; lobaofilho@senador.gov.br; lucia.vania@senadora.gov.br; magnomalta@senador.gov.br; maosanta@senador.gov.br; crivella@senador.gov.br (crivella@senador.gov.br); marco.maciel@senador.gov.br; marconi.perillo@senador.gov.br; maria.carmo@senadora.gov.br; marinasi@senado.gov.br; mario.couto@senador.gov.br; marisa.serrano@senadora.gov.br; webmaster.secs@senado.gov.br; mozarildo@senador.gov.br; neutodeconto@senador.gov.br; osmardias@senador.gov.br; gab.papaleopaes@senado.gov.br; paulo.duque@senador.gov.br; paulopaim@senador.gov.br; simon@senador.gov.br; raimundocolombo@senador.gov.br; renan.calheiros@senador.gov.br; renatoc@senador.gov.br; robertocavalcanti@senador.gov.br; romero.juca@senador.gov.br; romeu.tuma@senador.gov.br; rosalba.ciarlini@senadora.gov.br; sergio.guerra@senador.gov.br; zambiasi@senador.gov.br; serys@senadora.gov.br; tasso.jereissati@senador.gov.br; tiao.viana@senador.gov.br; valdir.raupp@senador.gov.br; valterpereira@senador.gov.br; wellington.salgado@senador.gov.br


http://www.campogrande.news.com.br/canais/debates/view.php?id=4711

http://www.douradosinforma.com.br/noticia.php?id_noticia=88875

3 comentários:

yurimirandacgms disse...

parabens pela iniciativa e audacia Big Dog!!! Precisamos de pessoas como vc para nos dar uma chacoalhada e acordarmos desse pesadelo que se chama "classe política".
um abraço
Yuri Miranda

Augusto Araújo disse...

Como diria o cara do CQC:

"Rapaaazzzz!!!"

Vc chutou o pau da barraca mesmo hein Dog.

Olha dia desses eu fiz parecido num artigo, depois dei uma amenizada, mas no blog da DMM continuei externando minha raiva da classe politica, é bom mesmo dar uns petelecos neles

mas a esperança é a ultima q morre e acho q nao podemos generalizar todos os politicos

afinal somos democratas e os politicos acabam sendo um mal necessário

vc nao acha q pegou pesado demais?

abs

Afonso Vieira disse...

Não creio que peguei pesado, Guto. Essa corja tem que ouvir a verdade, não há um único que eu votaria, não dos candidatos atuais. E olha que tenho vários amigos políticos.

Eles têm que ser tratados como são, marginais. Não conheço um único que seja realmente probo, que tenha hombridade moral. Estão ali somente para mamar na boquinha do Estado.

São um mal necessário, mas podemos colocar um "mal" menos pior. Os que ai estão, não passam de ladrões.