terça-feira, 24 de julho de 2007

Assassinem os políticos!

Afonso Vieira

Preparem suas foices, facas, revólveres, pedras, balaústres ou qualquer instrumento que possa ser utilizado como uma arma. Estou declarando aberta a campanha "Assassinem os Políticos".

Exatamente isso, leitor: conclamo a todas as pessoas de bem - que ainda possuem vergonha na cara e prezam pela ética e moral - a angariarem o maior número de adeptos para que levemos à execução da conspiração. Não se esqueça que você é um dos maiores culpados por eles estarem no poder; afinal, você de certa forma os elegeu.

Pegue todo seu ódio guardado; recorde-se das milhares de pessoas mortas todos os anos em decorrência do descaso das autoridades, daquele senhor morto na frente da câmera de tv em um estabelecimento de saúde; lembre-se que tem que trabalhar todos os dias por mais de trinta anos, ganhando um salário muitas vezes pífio e só depois conseguir se aposentar – isso sendo obrigado a ver verdadeiros néscios eleitos com uma mão na frente e outra atrás, que em poucos anos se tornam fenômenos das finanças pessoais; nutra suas forças com o escárnio; fixe-se em todas as pessoas prejudicadas pelas obras inacabadas, superfaturadas e inexistentes; não deixe de lembrar dos sanguessugas, mensalão, painel do congresso, anões do orçamento; e jamais se esqueça de que a conta de toda essa tragédia quem paga é você!

Comece a elaborar seu plano, estude as táticas que melhor encontrar para degolar o político. Prepare sua bomba caseira - se possível até atômica - vamos exterminar essa raça! Peça colaboração e até mesmo recrute cirurgiões para auxiliar na tarefa: ajuda nunca é demais. Estamos em uma guerra para tentar recuperar a moral de nossa política.

Você pode pensar “mas existem políticos bons e honestos”; sim, existem, mas são comuns como uma baleia azul. De sorte que você deve pensar como um militar frio e calculista que pretende vencer uma guerra: são baixas de combate – entram simplesmente nas estatísticas. Eximo automaticamente das conseqüências desta campanha o Senador Jefferson Peres, que do alto de sua honra - até o presente inatacável - já anunciou que vai se afastar do antro que se tornou nosso Senado.

Pense bem, escolha seu alvo, não se esqueça que vamos mirar todos os políticos da legislatura atual, sem exceção: do mais ridículo vereador ao supremo mandatário da nação.

Deixe de lado as paixões partidárias e ideológicas, o assunto é sério e visa o bem maior que é o país como um todo. Sei que é difícil para os doutrinados aceitarem a mudança, mas é só forçar um pouquinho e buscar o mínimo de inteligência que perceberá que essas mortes se fazem necessárias.

Busque todos os meios auxiliares possíveis: guilhotinas, trituradores, metralhadoras, tanques, aviões, helicópteros, fuzis e o que mais encontrar. Mire de forma que não erre - a precisão tem que ser cirúrgica; depois de mortos ainda temos que cremá-los e jogar suas cinzas ao mar, para que não reste a menor lembrança de seus feitos e atrocidades.

Todos preparados? Estão prontos? Vamos às vias de fato!

Municiem-se de seus títulos de eleitor na próxima eleição e não reelejam um único político, assassinem politicamente quem não merece seu voto. A renovação se faz necessária - pior do que está, garanto que não ficará.

Ps. Se depois de tudo isso ainda não houver solução ou melhora, releiam o texto, ignorem o último parágrafo e mãos à obra.

Publicado no Portal Grito http://www.portalgrito.com.br/arquivol/arquivol.php?id=50


2 comentários:

Yascara disse...

Pode-se saber o porquê desse último parágrafo? Até eu já estava pensando em voltar pro stand de tiros, rsrs...

mtereza.psico disse...

É, precisamos ser lembrados que tds nós, maiores de l8 anos cidadãos brasileiros, temos uma arma poderosa em casa. Se até agora erramos o alvo, está na hora de dar o golpe certo.

Seus primeiros comentários me aguçaram a vontade de de enfiar as mãos nas goelas de uns e outros, já que não é possível, usarei o meu voto.